GT 04 – CULTURAS E SOCIABILIDADES JUVENIS

Coordenação: Profª. Drª. Glória Diógenes (PPGS-UFC) e Profª. Drª. Camila Holanda Marinho (FAMETRO, LEV-UFC)

Esse grupo propõe-se a criar um dispositivo de experiências coletivas de percepções sobre a juventude e, assim, propiciar um encontro das visões e das práticas do fazer pesquisa sobre as culturas e sociabilidades juvenis. Serão acolhidos trabalhos que busquem identificar os movimentos de corpos juvenis nas várias dobras da esfera pública e nos vários ângulos de atuação. Predominará a lógica do movimento e a percepção dos campos de sociabilidade, tanto nos espaços da esfera pública das cidades quanto na esfera pública virtual, bem como trabalhos que buscam identificar, a partir do princípio de nomadismo visões de cidade, de lugar e da intensidade das experiências juvenis nos mapas da cidade real e virtual. Cidade do olhar, cidade imaginária. Fronteiras, linhas, territórios de juventudes: a cidade marcada. Percursos, transições, práticas e rotas juvenis: corpo, espaço e sociabilidade. Mapas afetivos, redes e intimidade: subjetividades em movimento.

 

SESSÃO 01: 03/12/14 LOCAL: CH-03-1º PISO (SALA 05)

ENTRE O VINTAGE E O MAINSTREAM: PERCEPÇÕES SOBRE A NOÇÃO DE CONTEMPORÂNEO A PARTIR DOS HIPSTERS

Alessandra Estevam da Silva

UM MURO TODO SEU: IMAGENS E TRAJETÓRIAS DO GRAFFITI EM FORTALEZA

Ananda Andrade do Nascimento Santos

É NO CHÃO DA PRAÇA: ESPAÇO PÚBLICO E EXPRESSIVIDADES JUVENIS NA PRAÇA DA JUVENTUDE – SERRINHA

Maria Aparecida dos Santos

ENTRE FORTALEZAS APAVORADAS E RESISTENTES: ANÁLISE PSICOSSOCIOLÓGICA DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE CIDADE IDEAL POR JOVENS NO CONTEXTO PÓS JORNADAS DE JUNHO EM FORTALEZA/CE

Carolina Carneiro Rocha, Renata Lira dos Santos Aléssio

JOVENS AFRICANOS DE ORIGEM MUÇULMANA NO ESPAÇO DA CIDADE DE FORTALEZA: IDENTIDADES E DESAFIOS

Daniele Alves Paiva

O ESTÁDIO COMO ESPAÇO DE NOVOS JOGOS E MOVIMENTOS ENTRE TORCIDAS E TORCEDORES: O CASO DO SETOR ALVINEGRO

Diego Batista de Morais

JUVENTUDE UNIVERSITÁRIA E PROJETOS PROFISSIONAIS: TRAJETÓRIAS DE DESAFIOS E INCERTEZAS

Maria Isabel Silva Bezerra Linhares

 

Sessão 02: 04/12/14 Local: CH-03-1º PISO (SALA 05)

CIDADE MARCADA: PERCEPÇÃO DA VIOLÊNCIA NO ENTORNO DA JUVENTUDE PILARENSE

Jairo da Silva Gomes

TORCIDA ÚNICA É SOLUÇÃO? ESTUDO SOBRE QUESTÕES ENVOLVENDO VIOLÊNCIA, TORCIDAS E PROIBIÇÃO NO FUTEBOL CEARENSE

Joaquim Sobreira Filho

SOBRE JUVENTUDE, VIOLÊNCIA E DESIGUALDADE SOCIAL: A COMPREENSÃO DOS ESTUDANTES DE SERVIÇO SOCIAL

Ingrid Lorena da Silva Leite, Mayara Gondim Porto,Camila Holanda Marinho

CIDADE E JUVENTUDES: MIRANDO EXPERIÊNCIAS ESCOLARES

Maria Alda de Sousa Alves

MÚSICA ELETRÔNICA E RIZOMA: CONSIDERAÇÕES SOBRE A CENA UNDERGROUND DE FORTALEZA-CE

Rafael Silveira de Aguiar

“SOMOS SKATISTAS E TEMOS DIREITOS”: UMA ETNOGRAFIA DAS PRÁTICAS POLÍTICAS DE ADEPTOS DO SKATEBOARD EM NATAL-RN

Rodrigo Balza Moda

DIREITOS HUMANOS E PERSPECTIVA DE SOLUÇÃO DOS CONFLITOS JUVENIS COM BASE NA APLICAÇÃO DA JUSTIÇA RESTAURATIVA NA CIDADE DE CURITIBA/PR

Cezar Bueno de Lima, Elston Américo Junior