Artigos

BARREIRA, CÉSAR. Crueldade: a face inesperada da violência difusa. Sociedade e Estado (UnB. Impresso), v. 30, p. 55-74, 2015.

Antonio Marcos Silva ; BARREIRA, CÉSAR . Entre antigos e temporários: Uma tipologia dos presos policiais do presídio da PMCE. O Público e o Privado (UECE), v. 2015, p. 159-175, 2015.

BARREIRA, C.; RUSSO, M. . O Ronda do Quarteirão – relatos de uma experiência. Revista Brasileira de Segurança Pública, v. 6, p. 282-297, 2012.

BARREIRA, C.; BARREIRA, I. A. F. . Campos de Ajuda e Modos de Pertencimento: Um Mapa Moral da Representação Política em Campanha Eleitoral. Horizontes Antropológicos (UFRGS. Impresso), v. 37, p. 307-335, 2012.

BARREIRA, C.. Cidadania, Segurança Pública e Direitos Humanos. Nuevamérica (Buenos Aires), v. 1, p. 39-43, 2011.

BARREIRA, C.; PINHEIRO, A. S. . Os Direitos Humanos como \. O Público e o Privado (UECE), v. 1, p. 80-96, 2010.

BARREIRA, C.. Banditismo e Práticas Culturais: a construção de uma justiça popular. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 41, p. 73-82, 2010.

BARREIRA, C.. Tueurs à gages et conflits interpersonnels dans le Brésil urbain: d?anciennes pratiques reconsidérées. Cahiers Internationaux de Sociologie, v. 1, p. 315-337, 2009.

BARREIRA, C.. Representaciones sobre la violencia entre jovenes: Estigma, miedo y exclusión. Espacio Abierto (Caracas), v. 18, p. 219-234, 2009.

BARREIRA, C.; NOBRE, Maria Teresa . Controle Social e Mediação de Conflitos: as delegacias da mulher e e violência doméstica. Sociologias (UFRGS), v. 1, p. 138-163, 2008.

BARREIRA, C.. O Controle Democrático das Práticas Policiais. Travessias (UNIOESTE. Online), v. 1, p. 107-132, 2008.

BARREIRA, C.; BARREIRA, I. A. F. . Uma sócio-antropologia dos processos migratórios e das recomposições culturais. SBS Resenhas, v. 1, p. 3, 2007.

BARREIRA, C.; ALENCAR, F. A. G. . Assentamentos Rurais: o sonho da terra conquistada. Revista de Ciências Sociais (Fortaleza), v. 38, p. 128-142, 2007.

BARREIRA, C.. Matadores de Aluguel: códigos e mediações. Na Rota de uma Pesquisa. Revista de Ciências Sociais (Fortaleza), v. 37, p. 41-52, 2006.

BARREIRA, C.. Em nome da lei e da ordem: a propósito da política de segurança pública. São Paulo em Perspectiva (Impresso), São Paulo, v. 18, n.Jan-Mar, p. 77-86, 2004.

BARREIRA, C.. Questão de Política, Questões de Polícia: a Segurança Pública no Ceará. O Público e o Privado, v. 1, p. 9-28, 2004.

BARREIRA, C.. Poder Y Violencia: Crónica de una Massacre Anunciada de Campesinos. Revista Veracruzana de Sociología, México, v. 1, p. 32-50, 2002.

BARREIRA, C.. Pistoleiro ou vingador: construção de trajetórias. Sociologias (UFRGS), Porto Alegre, v. 1, n.1, p. 52-82, 2002.

BARREIRA, C.. Recherche à risques: les pièges symboliques avec les tueurs à gages. L’homme et La Société, Paris, n.139, p. 103-122, 2001.

BARREIRA, C.. Les pièges symboliques: de la recherche – entretiens avec des tueurs à gages. CREA, LYON, n.07, p. 05-09, 2000.

BARREIRA, C.. Massacres: monopólios difusos da violência. Revista Crítica de Ciências Sociais, Coimbra, v. 1, n.57/58, p. 169-186, 2000.

BARREIRA, C.. Velhas e novas práticas do mandonismo local. Revista de Ciências Sociais (Fortaleza), Fortaleza, n.1/2, 1999.

BARREIRA, C.. Crônica de um massacre anunciado: Eldorado dos Carajás. São Paulo em Perspectiva (Impresso), v. 13, p. 136-143, 1999.

BARREIRA, C.. Os pactos na cena política cearense: passado e presente. Revista do Instituto de Estudos Brasileiros, SÃO PAULO, v. 40, p. 31-50, 1996.

BARREIRA, C.. L’eglise et les pelerinages de la terre au Bresil. L’homme et La Société, Paris, v. 114, p. 115-127, 1994.

BARREIRA, C.. Le pistolet et la politique: la mort sur ordonnance. CAHIERS DU BRESIL CONTEMPORAIN, Paris, v. 17, p. 35-52, 1992.

BARREIRA, C.. Pistolagem e política: a morte por encomenda. Reforma Agrária, Campinas-SP, 1992.

BARREIRA, C.. Seca: reprodução do poder e rebelião. SOCIEDADE E ESTADO, v. 5, p. 71-91, 1990.

BARREIRA, C.. Clientelismo e dominação no cenário das eleições. TRAVESSIA REVISTA DO MIGRANTE, São Paulo, v. 5, p. 15-19, 1989.

BARREIRA, C.. De l’arbitraire au legal la lutte pour les droits dans le sertão. CAHIERS DU BRESIL CONTEMPORAIN, Paris, v. 4, p. 59-80, 1988.

BARREIRA, C.. Direitos e Obrigações. REVISTA DE CIENCIA POLITICA, Rio de Janeiro, v. 31, p. 28-40, 1988.

BARREIRA, C.. Contestação e fé: romeiros em busca da terra livre. REVISTA DO ISER, Rio de Janeiro, v. 20, p. 5-19, 1986.

BARREIRA, C.. Correlação de força favorece as oligarquias. Reforma Agrária, Campinas, p. 10-18, 1986.

BARREIRA, C.. A parceria e a questão da politica no campo. Revista de Ciências Sociais (Fortaleza), Fortaleza, v. 1 2, n.10, p. 148-158, 1979.

 

AQUINO, J. P. D.. Etnografando assaltos contra instituições financeiras: a publicação da pesquisa, seus impasses e desdobramentos.. Iluminuras (Porto Alegre), v. 16, p. 184-210-210, 2015.

AQUINO, J. P. D.. Turistas estrangeiros e mulheres locais: ‘mercado do sexo’ e romance nas noites da Praia de Iracema em Fortaleza. Revista de Antropologia (USP. Impresso), v. 58, p. 208-234, 2015.

PISCITELLI, A. G. ; AQUINO, J. P. D. ; PAIVA, A. C. S. . Entre Jóias de Família, Trânsitos Internacionais e a Praia de Iracema: uma instigante trajetória de pesquisa.. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 46, p. 261-288, 2015.

MAGNANI, J. G. C. ; AQUINO, J. P. D. . A etnografia é um método, não uma mera ferramenta de pesquisa… que se pode usar de qualquer maneira’. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 43, p. 52-66, 2012.

AQUINO, J. P. D.. Redes e Conexões Parciais nos Assaltos contra Instituições Financeiras. Dilemas: Revista de Estudos de Conflito e Controle Social, v. 4, p. 76-100, 2010.

AQUINO, J. P. D.. Performance e Empreendimento nos Assaltos contra Instituições Financeiras. Antropolítica (UFF), v. 2, p. 139-158, 2008.

Sales, Larissa ; SÁ, Leonardo . A condição do policial militar em atendimento clínico: uma análise das narrativas sobre adoecimento, sofrimento e medo. Revista Pós Ciências Sociais, v. 13, p. 181-206, 2016.

JUSTINO, H. S. ; SÁ, Leonardo . Coração de mãe é terra que ninguém anda: um estudo das redes, ‘tramas’ e conflitos de mães em luto nas favelas à beira-mar. RBSE. Revista Brasileira de Sociologia da Emoção (Online), v. 14, p. 37-45, 2015.

SÁ, Leonardo. A questão do poder na perspectiva da antropologia da política. Áltera Revista de Antropologia, v. 1, p. 82-111, 2015.
BARBOSA, W. F. ; SÁ, Leonardo . Redefinições da condição de morador: classificações das clientelas no mandato policial cotidiano e suas consequências nas relações entre polícia e população. Caderno CRH (UFBA. Impresso), v. 28, p. 639-656, 2015.
FREITAS, G. J. ; PAIVA, Luiz Fábio S. . Ecos da violência nas margens de uma sociedade democrática: o caso da periferia de Fortaleza.. Sociedade e Cultura (Online), v. 1, p. 115-128, 2016.

 

PAIVA, Luiz Fábio S.; ALBUQUERQUE, J. L. C. . Entre nações e legislações: algumas práticas de ‘legalidade’ e ‘ilegalidade’ na tríplice fronteira amazônica (Brasil, Colômbia, Peru). Revista Ambivalências, v. 3, p. 85-114, 2015.

PAIVA, Luiz Fábio S.. Nas margens do Estado-nação: as falas da violência na tríplice fronteira amazônica. Tomo (UFS), v. 27, p. 327-359, 2015.

PAIVA, Luiz Fábio S.. Mortes na periferia: considerações sobre a chacina de 12 de novembro em Fortaleza.. O público e o privado, v. 26, p. 269-281, 2015.

PAIVA, Luiz Fábio S.. A biografia como problema sociológico: reflexões sobre condições, continuidades e eventos críticos na trajetória de sujeitos vítimas de violência.. Revista Espaço Acadêmico (UEM), v. 14, p. 21-33, 2014.
PAIVA, Luiz Fábio S.. Questão de segurança: políticas governamentais e práticas policiais. Revista de Ciências Sociais (UFC), v. 37, p. 118-121, 2006.

 

ABREU, Domingos Sávio. Récits et représentations d’adotion international: les logiques du don et de la dette. In: Littérature orale – paroles vivantes et mouvantes ed.Lyon: Presses Universitaires de Lyon, 2003

ALMEIDA, Rosemary de O; XAVIER, Natália P. Juventude e Segurança: a política da pacificação. In: O público e o privado. Fortaleza: UECE , Ano 2, n.4, jul./dez., 2004, p. 125-140.

BARREIRA, César. Para Repensar a Violência. In: Revista do Ministério Público & Sociedade, Ano 7, nº 14, jan./fev./mar. 2007.

 

BARREIRA, César. Questão de Política, Questões de Polícia: a segurança pública no Ceará. In: O público e o privado. Fortaleza: UECE , Ano 2, n.4, jul./dez., 2004, p. 9-28.

BARREIRA, César, ALMEIDA, R. O., ABREU, Domingos. Andando na periferia de Fortaleza: exclusão, juventude e violência. In: Jovens em Tempo Real. 1ª ed. Rio de Janeiro: DP&A editora, 2003, p. 170-187.

BARREIRA, César; BRASIL, Glaucíria M. Academias de polícia e universidade: parcerias e resistências. Coleção Segurança Pública e Democracia. Rio Grande do Sul: 2002.

BARREIRA, C. . Violência difusa, medo e insegurança: as marcas recentes da crueldade. Revista Brasileira de Sociologia, v. 01, p. 05, 2013.

BRASIL, M. Glaucíria Mota. A segurança pública e os direitos humanos no Governo das Mudanças. In: O Público e o Privado. Fortaleza: UECE-Ce, 2003, p.197-220 .

BRASIL, M. Glaucíria Mota. Formação e inteligência policial: desafios à política política de segurança. In: O Público e o Privado. Fortaleza-CE:, Ano 2, n.4, 2004, p.141-163 .

FREITAS, Geovani J. de. Violência policial e crime organizado em Alagoas: Fatos e representações. In: O público r o privado. UECE, Ano 2, n.4, jul/dez., 2004, p. 103-125.

FREITAS, Geovani Jacó. As duas vocações da globalização: integração e assepsia social. In: Cadernos do CEAS. Salvador-BA: , n.171, 1997, p.41 – 55.

PAIVA, Luiz Fábio Silva. DILEMAS. À espera de respostas reflexões sobre o trabalho da justiça criminal.

PAIVA, Luiz Fábio Silva. ZEPPETELLA, Julien. 37aRANPOCS. Diferenciação social e moral na vida urbana reflexões em torno do preconceito como processo de individualização.

PAIVA, Luiz Fábio Silva. BARREIRA, César. 36a RANPOCS. Mortes violentas a construção social de vítimas e de acusados na mídia brasileira.

TAVARES, Geovani Oliveira. Estado em Conflito: A Expansão da Segurança Privada. In: Revista da Faculdade Christus. Fortaleza-Ceará: , n.JAN-JUN, 2002, p.53 – 73.

SÁ, Leonardo. “A condição de ‘bichão da favela’ e a busca por ‘consideração’: Uma etnografia de jovens armados em favelas à beira-mar”. Dilemas: Revistas de Estudos de Conflito e Controle Social, Vol. 4, n. 2, 2011.

SÁ, Leonardo Damasceno. Reflexões sobre o trabalho de campo como empreendimento. In: MENDONÇA FILHO, M.; NOBRE, MT. (orgs). Política e afetividade: narrativas e trajetórias de pesquisa [online]. Salvador: EDUFBA; São Cristóvão: EDUFES, 2009.

SÁ, Leonardo; NETO, João Pedro de Santiago. Entre tapas e chutes: um estudo antropológico do baculejo como exercício de poder policial no cotidiano da cidade.O público e o privado, Nº 18, Julho/Dezembro, 2011.