Pesquisas

Linhas de Pesquisa

Conflito Social – Entendimento de diferentes formas de expressão da violência nas sociedades contemporâneas. Por outro lado, coloca em cena diversas configurações de conflitos sociais e um diversificado quadro de enfrentamento ou resolução de conflitos interpessoais.

Justiça, Polícia e Cidadania – Esta linha de pesquisa busca refletir as relações entre os serviços públicos oferecidos pela Justiça e pelas polícias e os crimes e delitos caracterizados pela busca de justiça por mediação para-estatal. Temas como os da “impunidade”, bem como os da ” carência de recursos material e humano”, recorrentemente indicados como axiais, serão investigados.

Violência, Conflito e Dominação – Analisa a relação existente entre dominação e violência, buscando compreender as relações de poder no interior de relações sociais conflituosas. Esta linha de pesquisa visa a compreensão das diferentes manifestações de violência na sociedade contemporânea.

(In)segurança na fronteira: sobre como os moradores de Tabatinga falam do perigo e da violência na Tríplice Fronteira Amazônica (Brasil, Colômbia e Peru).
Descrição:
A presente pesquisa consiste em uma investigação sobre como os moradores da cidade de Tabatinga, localizada no Estado do Amazonas, em uma região de tríplice fronteira (Brasil, Colômbia e Peru), falam sobre a experiência de residir na fronteira, com destaque para a sua visão sobre os perigos, a violência e a sensação de segurança experimentada neste local. Partimos do pressuposto que, ao falar dessas práticas, estes moradores constroem discursos que retratam sua visão sobre si, sobre os outros e sobre o lugar onde vivem, considerando, portanto, que os sujeitos são discursivamente constituídos pela experiência. Nossa intenção é compreender, a partir das falas dos moradores de Tabatinga, o que significa viver em uma das fronteiras brasileiras que é fortemente marcada tanto pela presença de organizações criminosas ligadas ao tráfico internacional de drogas, quanto pela presença de um significativo aparato policial.. 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. 
Integrantes: Luiz Fábio Silva Paiva – Coordenador / Camila Holanda – Integrante / Flávia Melo da Cunha – Integrante / José Lindomar Coelho de Albuquerque – Integrante / Maurício Bastos Russo – Integrante.
Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.

Criminalidade Violenta, Segurança Pública e Direitos Humanos: análise das políticas de segurança e de justiça na Região Metropolitana de Manaus.

Descrição: A pesquisa tem como objetivo geral compreender as mudanças nos padrões da criminalidade violenta na Região Metropolitana de Manaus pari passu ao processo de criminalização e punição por parte do sistema de justiça criminal, enfatizando os Direitos Humanos como princípio balizador das políticas criminais, isto é, das políticas públicas de segurança e de justiça. A proposta da pesquisa se insere no contexto da abordagem da sociologia da conflitualidade em consonância com a sociologia do direito, sociologia do crime e da violência e a sociologia política. A pesquisa visa também discutir o fenômeno da criminalidade violenta com base nas contribuições da Teoria Crítica, articulando de, um lado, a Teoria Comunicativa de J. Habermas e, de outro, a Teoria do Reconhecimento de A. Honneth. A intenção aqui é problematizar o objeto da pesquisa no contexto da intersubjetividade ameaçada pelos processos de reificação social engendrados pela modernização da vida social. Assim, ao eleger o tema da criminalidade violenta e dos direitos humanos como variáveis centrais para se pensar a ação pública do Estado, a pesquisa pretende contribuir para o desenvolvimento científico do saber sociológico em âmbito regional e nacional. A intenção é fortalecer o desenvolvimento do pensamento sociológico no que tange aos processos de violência e criminalidade, de um lado, e da conflitualidade social e dos direitos humanos, de outro. Do mesmo modo, espera-se que os resultados da pesquisa contribuam com o debate qualificado em torno das políticas de segurança e justiça a fim de colaborar com a formatação de políticas públicas de promoção dos Direitos Humanos.. 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. 
Integrantes: Luiz Fábio Silva Paiva – Coordenador / Davyd Spencer Ribeiro de Souza – Integrante.

Cidadania, Direitos Humanos e Segurança Pública.
Descrição:
Analisar, no âmbito da cidadania, direitos humanos e segurança pública, os paradoxos existentes entre tentativas de controle e práticas de autocontrole nas cidades de Fortaleza e Bogotá. Contextualizar o processo de transformação social envolvendo a implementação de novos arranjos institucionais de segurança pública (ações, propostas e programas), de um lado, e a articulação de novas demandas pelos sujeitos sociais em torno dos efeitos da violência e da criminalidade na vida social. Destacar as problemáticas relacionadas à consolidação da cultura dos direitos humanos e da participação da população em questões de segurança, pela valorização de ações inovadoras, acesso democrático à justiça e na defesa da cidadania na construção do Estado de Direito Democrático.. 
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. 
Alunos envolvidos: Graduação: (3) / Mestrado acadêmico: (1) / Doutorado: (4) . 
Integrantes: Luiz Fábio Silva Paiva – Integrante / César Barreira – Coordenador / Ricardo Arruda – Integrante / Leonardo Sá – Integrante / Maurício Russo – Integrante / José Élcio Batista – Integrante / Celina Amália Ramalho Galvão Lima – Integrante / José Maria de Jesus Izquierdo Villota – Integrante.