Pesquisador do LEV escreve na Carta na Escola sobre como debater em sala a violência contra jovens.

Professor Leonardo Sá, do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia, da Universidade Federal do Ceará, foi convidado pela revista Carta na Escola, do grupo Carta Capital, para discutir, na edição de março de 2014, alternativas e recursos pedagógicos para realizar em sala de aula problematizações sobre o tema da violência contra jovens. Segundo o professor:

“A questão da violência contra jovens é uma das mais delicadas e dolorosas fraturas da vida social no Brasil, e é sobre ela que precisamos aprender novas formas de problematização para suscitar debates à altura dos desafios. É preciso lembrar que práticas de violência não ocorrem no vazio social, mas estão conectadas a um contexto sociológico mais amplo. As diversas formas da violência estão ligadas a variados conflitos sociais e ao campo das desigualdades que as tornam mais agudas.

Se os indivíduos adultos da sociedade contemporânea sentem-se frágeis, vulneráveis e, por vezes, descartáveis nas dinâmicas da vida competitiva e da nova economia, o que dizer dos segmentos jovens, que ainda buscam construir seus repertórios e recursos para lidar com os problemas da vivência coletiva?”

Leia o texto completo na versão eletrônica da Revista Carta na Escola no link abaixo:

Um discurso a ser reconstruído.

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta